domingo, 22 de julho de 2007

Enfim, o Giletão!

Pra quem acha que já ouviu de tudo, mais um "causo" da nossa viagem, que não é história pra boi dormir...
A narrativa e da Lady Marley, testemunha ocular dos fatos. To postando porque ela não conseguiu fazê-lo.


"Enquanto lady Apfelstrudel preparava a massa eu esperava muito tranquilamente o momento para saborear a sobremesa, prestando muita atenção ao passo a passo para aprender como se fazia.
Já havia percebido uma leve movimentação na cozinha entre os irmãos Lady Drica e Ricardo. Eis que fui gentilmente convidada por lady Drica Red Fire para uma visita ao ferro velho próximo ao AP de nosso AAA. Inocente nem imaginei do que se tratava, mas como boa amiga eu a segui.
Toc... toc... toc ( Batidas no portão). Espera. Um senhor veio atender, muito simpático se propôs ajudar nossa amiga. Eu como boa menina seguia atrás dela.
- Eu soube que senhor tem um expositor da Gilette e é exatamente o que estou procurando. Posso ver? - Perguntou a Drica com uma cara de inocente.
Lá vamos nós conduzidas ao local onde o cobiçado objeto se encontrava. No caminho, o dono do ferro-velho comentou.
- Veio um moço dali do prédio ver. a senhora conhece ele?
Drica rapidamente disse.
- Não.
Entre uma olhadela e outra na bendita peça – com aquela nossa cara de médico avaliando paciente terminal - ele nos dá o preço.
- R$ 30,00
Rapidamente Drica rebate.
- Puxa, não vale à pena. Eu só vou usar isto uma vez. – pausa enorme para pensar e analisar o giletão. Daí, ela vira para mim e pergunta - E aí o que você acha?
Olhei para ela com a cara assustada. Sem entender nada. Ela fazendo aquela cara de quem perdeu o interesse. Depois de Drica passar cinco minutos olhando a gilete e avaliando cada angulo, ele disse.
- Se pensar muito não leva nem por 15.
Um brilho surgiu nos olhos dela.
- Quinze? Se for por quinze, eu levo.
Mão na bolsa, carteira na mão, nota entregue troco devolvido, negociação concluída. Eu deduzi. Nem preciso dizer que minha curiosidade já estava no auge. Sempre me perguntando para que ela queria aquilo? Mais uma analisada aqui e ali ela fala:
- O senhor poderia tirar estas cestas das laterais? Eu não vou precisar delas.
Muito solicito ele se põe a tirar as cestas. Ela puxa de um lado, eu seguro do outro. Em meio a este puxa daqui e dali eu ouço a seguinte frase.
- Olha moço – coçadinha na cabeça - como não vou precisar das cestas, e elas com certeza vão ser úteis pro senhor, o senhor podia me voltar 5 e ficar com elas..
Parei atônita e fitei minha amiga Lady Drica Red Fire. Pensando: ela NÃO está fazendo isto!
No entanto ela estava muito compenetrada olhando para o moço. Para meu espanto – talvez vencido pelo cansaço - ele retira os cinco reais e paga pra ela. Tentando me conter diante da cena me afastei um pouco.
Enquanto carregamos – triunfantes – o giletão até a saída, o pobre homem ainda arrisca uma pergunta:
- A senhora vai usar isso pra que?
- Pra uma peça da escola – rebate Drica sem titubear.
- A senhora é professora? – insiste ele.
- Sim – Drica se volta sorrindo para o moço – Puxa, se o senhor tivesse também uma escova gigante, seria ótimo pra mim. Não tem nenhum expositor da Oral-B por aí, não?
A essa altura, lady Marley queria se esconder debaixo da cama, ou fugir correndo pelo portão.
Com cara de gato que comeu o canário, lady RedFire voltou para o AP do nosso AAA, levando o poderoso giletão!
Ah, pra que ela queria aquilo? Em outro post nós contamos."


2 comentários:

FERNANDA disse...

Esse giletão promete mais gargalhadas!!!
Contem mais!!!

Marley disse...

Verdade Fê isto já rendeu muitas gargalhadas.
Por isto agora ela é Lady Drica Turca Red Fire.
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
Meninas eu vi.