sexta-feira, 29 de outubro de 2010

As Notícias Que Te Fazem Rir #2

Acho que a criatividade dos mineiros anda em alta...

Homem tenta assaltar passageiros de ônibus usando uma banana, em MG
Passageiros teriam percebido que o homem não estava armado. Suspeito foi detido depois de roubar R$ 79.

Um homem de 26 anos foi preso na noite desta segunda-feira (18) após uma tentativa de assalto a um ônibus da linha 261, em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Segundo informações da Polícia Militar (PM), o homem escondeu uma banana sob a blusa para simular que estava armado. No momento do crime, o ônibus trafegava pela Rua Coimbra, no Bairro Granja São João. Passageiros teriam percebido que o homem não estava armado e detiveram o suspeito depois que ele roubou R$ 79.
A polícia foi acionada e o homem foi autuado em flagrante na 4ª Delegacia de Plantão de Betim, na Grande BH.

fonte: G1-MG http://g1.globo.com/minas-gerais/noticia/2010/10/homem-tenta-assaltar-passageiros-de-onibus-usando-uma-banana-em-mg.html

As Notícias Que Te Fazem Rir #1

A criatividade humana não tem fim. Seja para o bem, ou para o mal. No caso da notícia abaixo, o criativo meliante acabou em cana. Vai ver, não usava Havaianas...

Homem usa chinelo para levar moto de vítima em Minas
Suspeito foi preso em Contagem, na Região Metropolitana de BH. A vítima reconheceu o suspeito.

Um homem, usando um chinelo sob a blusa, simulando estar armado, conseguiu levar a moto de uma vítima, na madrugada desta sexta-feira (29), em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com a polícia, o motoqueiro pensou que o suspeito estava com uma arma.
Ainda segundo a polícia, após denuncia do motoqueiro, uma viatura conseguiu localizar o homem e efetuar a prisão. O dono da moto foi levado até o local e identificou o suspeito. O homem foi levado para a 6ª Delegacia de Contagem.

fonte: G1-MG http://g1.globo.com/minas-gerais/noticia/2010/10/homem-usa-chinelo-para-levar-moto-de-vitima-em-minas.html

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

As Notícias Que Acabam com o Romantismo #1

Ok, eu assumo que sou fã de um bom chick-lit. E atire o primeiro livro na minha cabeça a moçoila que NUN-CA suspirou por um sheik ou príncipe gostosão, descrito em DE-TA-LHES por escritoras como Alexandra Sellers, Diana Palmer, Penny Jordan e Michelle Reid.
Pois é, garotas. Mas a realidade é dura. E a vida costuma ser tão (ou mais) bizarra do que um episódio de CSI. Prova disso é a notícia abaixo.
"Príncipe Saudita é Condenado a Prisão Pepétua em Londres"
Além da desgraça em si, a história do príncipe (?) tem o condão de acabar com todas as fantasias relacionadas a esta "casta" quase unânime e intocável do romanticverse.

Algo do tipo:
"Promotores disseram ter descoberto que ele havia marcado encontros com pelo menos dois acompanhantes homens e um massagista gay, e olhou centenas de imagens de homens em websites gays.
Fotos de Abdulaziz em posições "comprometedoras" foram encontradas no telefone de Saud, disseram promotores no tribunal.
"
(ME-DO do príncipe!) Agora, falem sério: é ou não é de acabar com o romantismo?

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

E se o resgate dos mineiros fosse no Brasil?

Ok, todo mundo falando no resgate dos mineiros chilenos que (Graças a Deus!) estão conseguindo sair todos sãos e salvos da maldita mina.

Mas, e se tudo isso tivesse acontecido no Brasil?

1 - Dois meses depois do acidente, o governo ainda estaría preenchendo os papéis. O resgate só começa depois do feriado de Finados, quando a Caixa Econômica libera o financiamento;

2 - Uma guerra é desencadeada entre Globo, Record e SBT pela transmissão ao vivo do resgate. Glória Maria e Ana Paula Padrão rolam pela encosta da mina, caem sobre a sonda e atrasam o resgate em mais 2 semanas. Ambas são expulsas do local.

3 - Enquanto resgate não sai, o Fantástico faz uma série especial, - totalmente clonada do Discovery Channel - com um Geólogo chato, sobre as condições extremas a que os mineiros são submetidos.

4 - Nesse meio tempo, o goleiro Bruno confunde de novo a polícia, revelando que foi passar um fim de semana com a ex-falecida-namorada no local do acidente. Um contingente de policiais do Rio é mandado para a região e tenta invadir o lugar a procura de provas, atrasando em mais 2 semanas o salvamento dos pobres mineiros.

5 - Os policiais são expulsos do local pelas Forças Armadas. Na volta a "civilização", Gloria Maria fala a revista "Quem" sobre seu drama, Ana Paula Padrão reclama da Glória Maria na revista "Contigo", um dos policiais expulsos (o mais marrento) sai na capa da "Caras" beijando a Suzana Vieira e a "Nova" lança sua edição mensal com a seção "Sexo Lacrado: o que a Fênix do gato pode achar na sua caverna!"

6 - A Globo lança a campanha "Mineiro Esperança", com seus artistas "top" e inserções lacrimogêneas no intervalo da novela das 8 (que sempre começa as 9), angariando fundos para sustentar o acampamento das famílias dos mineiros, batizado de "Buraco dos Brazucas".

7 - O MST aproveita o acampamento dos mineiros e faz um assentamento no local.

8 - A Vale do Rio Doce, dona da mina, entra numa batalha judicial com o MST, as famílias dos mineiros e os vendedores ambulantes que se instalaram no local. Depois de muito quipróquó, a Igreja intermedia o conflito e a Vale doa a porra da terra pro povo que está lá. Eles fundam um povoado com um nome qualquer que tem a palavra "esperança" no meio (mas que todo mundo vai continuar chamando mesmo é de "Buraco dos Brazucas").

9 - Quando os mineiros, enfim, começam a ser resgatados (lá perto do Natal), TO-DAS as emissoras de TV transmitem ao vivo TO-DA a operação. A Globo coloca uma musiquinha de enterro de novela enquanto a cápsula está descendo e subindo, e quando o primeiro mineiro sai, ouvimos o tema de Ayrton Senna.

10 - Depois de resgatados, os mineiros estropiados, magros, fudidos e de saco cheio de ouvir da equipe de resgate piadinhas envolvendo buraco, tubo e um monte de machos juntos no escuro, ainda são obrigados pela Coca-Cola e pela Petrobrás - patrocinadoras oficiais do resgate - a desfilar em carro do Corpo de Bombeiros pela Esplanada dos Ministérios.

11 - Dois dias depois do resgate, Ana Maria Braga entrevista a mulher de um dos mineiros, enquanto o Louro José enche o saco com piadinhas infames sobre seu marido e o maldito buraco.

12 - Louro José some da TV por uns tempos. Na mesma semana, a mulher do mineiro dá uma entevista a "Contigo" dizendo onde enfiou as penas do rabo do infame bichinho.

13 - Uma semana depois do resgate, o Faustão faz um "Arquivo Confidencial" com as famílias dos mineiros, os vizinhos dos mineiros, as sogras dos mineiros, os cachorros dos mineiros e até mesmo o chefe dos mineiros.

14 - A Globo compra os direitos para uma minissérie, onde Thiago Lacerda e Reynaldo Gianechinni fazem os papéis de mineiros gostosões. Cleo Pires é a mocinha, no papel da valente esposa do chefe dos mineiros.

15 - A "Playboy" descobre uma enfermeira muito gata na equipe de resgate e a coloca na capa como a "Musa dos Mineiros", fotografada no deserto de Atacama, com um capacete de minerador e o corpo coberto de pó de carvão.

16 - Nesse período, - depois de ter perdido os direitos da história dos mineiros para a Globo - a Record cria um Reality Show baseado no drama dos mineiros, trancando Sergio Mallandro, Geisy Arruda e Ronaldo Esper numa caverna.

17 - Na MTV, Marcelo Adnet cria um funk infame rimando mineiro com traseiro.

18 - O "Casseta & Planeta" segue a velha e clássica linha de zoar com o fato de ter 30 e tantos machos confinados num só local, obviamente duvidando da masculinidade deles.

19 - Quando chega o Carnaval os mineiros são "homenageados" por uma GRES Unidos-de-Qualquer-Coisa, desfilando como destaques sobre carros alegóricos que imitam cavernas, vestidos de Fênix, com um esplendor estilizado nas cabeças (toda vez que ouço a palavra estilizado associada ao Carnaval eu tenho ME-DO) imitando aqueles capacetes com lanternas.


20 - Nas próximas eleições, a mulher do mineiro - a que foi entrevistada pela Ana Maria Braga - sai candidata a deputada federal com o lema "Vou tirar o país do buraco".


(E tudo isso foi inspirado pelas besteiras do Twitter, kkkk. Ah, se for copiar, cite o link do blog, ok?)


BJS da Drica :-D

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Banheiro Feminino

O grande segredo de toda a mulher, com relação aos banheiros é que quando pequena, quem a levava ao banheiro era sua mãe. Ela ensinava a limpar o assento com papel higiênico e cuidadosamente colocava tiras de papel no perímetro do vaso e instruía:
"Nunca, nunca sente em um banheiro público"
E, em seguida, mostrava "a posição", que consiste em se equilibrar sobre o vaso numa posição de sentar, sem que o corpo, no entanto, entre em contato com o vaso.
"A Posição" é uma das primeiras lições de vida de uma menina, super importante e necessária, e irá nos acompanhar por toda a vida. No entanto, ainda hoje, em nossa vida adulta, "a posição" é dolorosamente difícil de manter quando a bexiga está quase estourando.
Quando você TEM que ir ao banheiro público, você encontra uma fila de mulheres, que faz você pensar que o Bradd Pitt deve estar lá dentro. Você se resigna e espera, sorrindo para as outras mulheres que também estão com braços e pernas cruzados na posição oficial de "estou me mijando".
Finalmente chega a sua vez, isso, se não entrar a típica mamãe com a menina que não pode mais se segurar.
Você, então verifica cada cubículo por debaixo da porta para ver se há pernas.  Todos estão ocupados.
Finalmente, um se abre e você se lança em sua direção quase puxando a pessoa que está saindo.
Você entra e percebe que o trinco não funciona (nunca funciona); não importa... você pendura a bolsa no gancho que há na porta e se não há gancho (quase nunca há gancho), você inspeciona a área.. o chão está cheio de líquidos não identificados e você não se atreve a deixar a bolsa ali, então você a pendura no pescoço enquanto observa como ela balança sob o teu corpo, sem contar que você é quase decapitada pela alça porque a bolsa está cheia de bugigangas que você foi enfiando lá dentro, a maioria das quais você não usa, mas que você guarda porque nunca se sabe...
Mas, voltando à porta...
Como não tinha trinco, a única opção é segurá-la com uma mão, enquanto, com a outra, abaixa a calcinha com um puxão e se coloca "na posição".
Alívio...... AAhhhhhh.....finalmente... Aí é quando os teus músculos começam a tremer. Porque você está suspensa no ar, com as pernas flexionadas e a calcinha cortando a circulação das pernas, o braço fazendo força contra a porta e uma bolsa de 5 kg pendurada no pescoço.
Você adoraria sentar, mas não teve tempo de limpar o assento nem de cobrir o vaso com papel higiênico. No fundo, você acredita que nada vai acontecer, mas a voz de tua mãe ecoa na tua cabeça "jamais sente em um banheiro público!!!" e, assim, você mantém "a posição" com o tremor nas pernas...
E, por um erro de cálculo na distância, um jato finíssimo salpica na tua própria bunda e molha até tuas meias!! Por sorte, não molha os sapatos. Adotar "a posição" requer grande concentração. Para tirar essa desgraça da cabeça, você procura o rolo de papel higiênico, maaassss, para variar, o rolo está vazio...! Então você pede aos céus para que, nos 5 kg de bugigangas que você carrega na bolsa, haja pelo menos um miserável lenço de papel. Mas, para procurar na bolsa, você tem que soltar a porta. Você pensa por um momento, mas não há opção...
E, assim que você solta a porta, alguém a empurra e você tem que freiá-la com um movimento rápido e brusco enquanto grita OCUPAAADOOOO!!!
Aí, você considera que todas as mulheres esperando lá fora ouviram o recado e você pode soltar a porta sem medo, pois ninguém tentará abrí-la novamente (nisso, nós, as mulheres, nos respeitamos muito) e você pode procurar seu lenço sem angústia. Você gostaria de usar todos, mas quão valiosos são em casos similares e você guarda um, por via das dúvidas. Você então começa a contar os segundos que faltam para você sair dali, suando porque você está vestindo o casaco já que não há gancho na porta ou cabide para pendurá-lo. É incrível o calor que faz nestes lugares tão pequenos e nessa posição de força que parece que as coxas e panturrilhas vão explodir. Sem falar do soco que você levou da porta, a dor na nuca pela alça da bolsa, o suor que corre da testa, as pernas salpicadas...
A lembrança de sua mãe, que estaria morrendo de vergonha se a visse assim, porque sua bunda nunca tocou o vaso de um banheiro público, porque, francamente, "você não sabe que doenças você pode pegar ali"
... você está exausta. Ao ficar de pé você não sente mais as pernas. Você acomoda a roupa rapidíssimo e tira a alça da bolsa por cima da cabeça!...
Você, então, vai à pia lavar as mãos. Está tudo cheio de água, então você não pode soltar a bolsa nem por um segundo. Você a pendura em um ombro, e não sabendo como funciona a torneira automática, você a toca até que consegue fazer sair um filete de água fresca e estende a mão em busca de sabão. Você se lava na posição de corcunda de notre dame para não deixar a bolsa escorregar para baixo do filete de água... O secador, você nem usa. É um traste inútil, então você seca as mãos na roupa porque nem pensar usar o último lenço de papel que sobrou na bolsa para isso.
Você então sai. Sorte se um pedaço de papel higiênico não tiver grudado no sapato e você sair arrastando-o, ou pior, a saia levantada, presa na meia-calça, que você teve que levantar à velocidade da luz, deixando tudo à mostra!
Nesse momento, você vê o seu amigo que entrou e saiu do banheiro masculino e ainda teve tempo de sobra para ler um livro enquanto esperava por você.
"Por que você demorou tanto?" pergunta o idiota.
Você se limita a responder "A fila estava enorme"
E esta é a razão porque nós, as mulheres, vamos ao banheiro em grupo. Por solidariedade, já que uma segura a tua bolsa e o casaco, a outra segura a porta e assim fica muito mais simples e rápido já que você só tem que se concentrar em manter "a posição" e a dignidade.

"Obrigada a todas as amigas que já me acompanharam ao banheiro!"
( e obrigada a Livinha, que me enviou este texto!)

CURSOS PARA HOMENS

(Pode ser meio antigo, mas é nosso sonho de consumo, né?)

OBJETIVO PEDAGÓGICO: Permitir aos homens desenvolver a parte do corpo da qual ignoram a existência (o cérebro). O curso é composto por quatro módulos:

Módulo I: Introdução (Obrigatório)

1 - Aprendendo a viver sem a mamãe (2.000 horas)
2 - Minha mulher não é minha mãe (350 horas)
3 - Vivência: não se classificar para o Mundial não é a morte (500 horas)

Módulo II: Vida a Dois

1 - Ser pai e não ter ciúmes da filha (50 horas)
2 - Deixar de dizer impropérios quando a mulher recebe suas amigas (500 horas)
3 - Superando a síndrome do "o controle remoto é meu" (550 horas)
4 - Não urinar fora do vaso (1.000 horas - exercícios práticos com manobrista e demonstrações em vídeo)
5 - Entender que os sapatos não vão sozinhos para o armário (800 horas)
6 - Como chegar ao cesto de roupa suja (500 horas - com apoio do Google Maps e uso do GPS)
7 - Como sobreviver a um resfriado sem agonizar (450 horas - incluso kit de analgésicos, antitérmicos e bolsa de água quente)


Módulo III: Tempo Livre

1 - Passar uma camiseta em menos de duas horas (exercícios práticos - presença da brigada de Incêndio)
2 - Como controlar a vontade de coçar o saco em público (exercícios práticos de autocontrole com mestres tibetanos)


Módulo IV: Culinária

1 - Nível I (principiante) - Entendendo os eletrodomésticos - ON/OFF = LIGA/DESLIGA
2 - Nível II (avançado) - Minha primeira sopa instantânea sem queimar a panela
3 - Nível III (expert) - Ovo frito - esse desconhecido.
4 - Palestra: É preciso ferver a água antes de pôr o macarrão? Mito ou verdade?


** CURSOS DE EXTENSÃO **

ATENÇÃO: POR RAZÕES DE DIFICULDADE, COMPLEXIDADE E ENTENDIMENTO DOS TEMAS, OS CURSOS TERÃO NO MÁXIMO 3 ALUNOS.


1 - A eletricidade e eu: Vantagens econômicas de contar com um técnico competente para fazer reparos. (traje de proteção obrigatório)

2 - Cozinhar e limpar a cozinha não provoca impotência nem homossexualidade. (workshop).

3 - Porque não é crime presentear com flores, embora já tenha dormido com ela. (análise socio-psico-economica; mesa-redonda)

4 - O rolo de papel higiênico: ele nasce ao lado do vaso sanitário? (biólogos e físicos falarão sobre o tema da geração espontânea).

5 - Como baixar a tampa do vaso passo a passo. (videoconferência) .

6 - Os homens dirigindo, podem SIM, pedir informação sem se perderem ou correrem o risco de parecerem impotentes. (cases)

7 - O detergente: Doses, consumo e aplicação. (presença do Dr. Bo M. Brill, bioquímico)

8 - A lavadora de roupas: Esse grande mistério. (curso especialmente elaborado pela equipe da NASA em parceria com o MIT)

9 - Diferenças fundamentais entre o cesto de roupas sujas e o chão. (exercícios com musicoterapia. Facilitadores: Tinky-Winky, Dipsy, Lala e Po) .

10 - A xícara de café: ela levita, indo da mesa à pia? (exercícios dirigidos por Mister M com base no método David Copperfield de anulação gravitacional)


INSCRIÇÕES ABERTAS - NÃO PERCAM - ÚLTIMAS TURMAS!  E então, o que você está esperando? LIGUE DJÁ!!!!!